ngc1579_gabany_lc

Filósofos como Kierkegaard, Sartre, Merleau-Ponty e Heidegger cada um a seu modo, fazem críticas ao racionalismo, causalismo, determinismo e reducionismo aplicados às ciências do homem. Declaradamente, os três últimos, seguindo a tradição fenomenológica inaugurada por Husserl, procuram demonstrar como as ciências humanas perdem sua autonomia neste mundo técnico e como podem ainda se recuperar e estar a serviço de uma compreensão do homem no mundo contemporâneo.

A Perspectiva fenomenológico-existencial (clique para download)